TOTALIDADE
Mensagem de Kara Schallock
28 de Junho de 2017
 
luz de gaia
 
 
Esta não é uma nota da Ascensão. É algo que eu escrevi, que pretendia publicar na página de Reflexão Espiritual em meu site, só que ele não funciona, assim estou postando e o compartilhando aqui.

Qual é a diferença entre totalidade e cura?

A cura é um termo antigo. Ela indica que se busca o ajuste com o “curador”, mas, a menos que os dois estejam no mesmo nível vibratório, nada ocorre. A Totalidade é o reconhecimento de que se já está completo na Verdade. A Totalidade não assume o Poder do outro, como a cura.

Quando uma pessoa busca a cura do outro, ela dá o Poder para aquele que ela escolhe curar. A Totalidade não faz isto, pois ambos estão em vibração igual. Não se busca “corrigir”, pois ambos reconhecem que eles estão completos. A Totalidade não assume o Poder do outro, sabendo que o outro é capaz de se completar.

Independentemente do que você tenha lido, Cristo sabia que cada pessoa era capaz de se auto completar. Ele apenas ajudava o outro a ver o Poder em si mesmo. Muito do que ele sabia Lhe foi transmitido pela Sua mãe. O íntegro não assume a Responsabilidade por corrigir o outro, mas reconhece que a pessoa já está completa e que é um ser soberano de Amor e de Luz. Ele ajuda o outro a ver que ele é responsável por toda a sua vida e ajuda o outro a ver o que está bloqueando a sua própria Luz. Os íntegros também veem que na Verdade não há o outro, pois tudo é um reflexo de si mesmo, mostrando onde o íntegro está também bloqueando a sua própria Luz.

O íntegro trabalha com a Alma para a Verdade mais elevada e mostra esta Verdade àquele que deseja a totalidade. A totalidade nada mais é do que remover o que não mais lhe pertence. Isto pode ser ilustrado pela história de Pieta: Michelangelo estava na praça com um grande bloco de mármore. Um menino o estava observando enquanto Michelangelo começava a esculpir, revelando a obra-prima dentro do bloco de mármore. Quando Michelangelo terminou, o menino perguntou: “Como você sabia que estava lá?”

Esta história simboliza a totalidade. O íntegro ajuda o outro a ver o que ele pode liberar. Aquilo que já não lhe pertence, revelando interiormente a obra-prima. É claro, a pessoa que recebe esta informação pode optar por liberar ou não.

O íntegro também sabe que depois que uma pessoa libera, deve ser substituído pelo Amor da Fonte. Pois, depois que a pessoa libera, é criado um vazio. Se ele não for preenchido com Amor, o velho retorna para preencher o vazio. Uma pessoa pode querer preencher o vazio com o que ele escolher, e, no entanto, o Amor da Fonte é muito maior do que qualquer coisa que uma pessoa possa pensar. Isto é porque os pensamentos são limitados e restritivos.

As palavras são importantes, pois elas realmente revelam as crenças que uma pessoa mantém no subconsciente. Muitos usam as palavras sem Consciência. Eles simplesmente usam as palavras que eles costumam usar, sem compreender que as palavras que eles usam mantêm as velhas crenças da 3D intactas. Se não se usa conscientemente as palavras, elas fortalecem as antigas, e a pessoa não entende por que ela continua a criar as mesmas situações que se repetem. A Cura é tal palavra. Pertence ao velho.


 
-.....---==IoOoI==----.....-
 
  Direitos Autorais:luz de gaia

Kara Schallock
Site original: http://www.soulsticerising.com

Tradução de:
Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
 
 
Gostou! Compartilhe com os Seus Amigos.