SABER QUANDO NÃO SABEMOS
Dia 7 de Abril de 2016, Lua Nova em Áries
Sarah Varcas
05 de abril de 2016
 
luzdegaia
  A Lua será Nova no 19º grau de Áries às 11h25min GMT do dia 7 de abril. Esta é uma Lua transformadora, em conjunção com Urano – aquele que traz o inesperado – e em quadratura com Plutão – senhor da morte e renascimento em igual medida. É possível que nos percebamos estranhamente liberados por algo que, para todos os efeitos, parecia destinado a nos prender. As coisas provam que não são o que parecem ser e um caminho pode revelar-se como solução de um desafio particular.

Mas, para que isto aconteça, é necessária uma nova perspectiva; um rápido amadurecimento de atitude, que nos leve de “como faço para manipular a vida de modo que ela me dê o que eu quero?” para “como faço para não atrapalhar a vida e assim permitir que ela me dê o que deseja e precisa que eu tenha?” Pode haver um abismo entre essas duas atitudes. Somos tão convencidos de que estamos sempre certos, que podemos facilmente nos fechar aos sussurros e mensagens da vida, que tentam nos mostrar que pode haver um caminho melhor que tem sido descartado ou ignorado por nós há bastante tempo. À medida que a escuridão desta Lua ressoe com os cantos sombrios da nossa psique, poderemos nos tornar intensamente conscientes de possibilidades negligenciadas e sementes de potenciais, em situações que antes nos pareciam o pior cenário!

A escuridão pode ser um motivo de medo ou o portador de segurança e descanso. Doces sonhos nos são oferecidos quando a escuridão cai, do mesmo modo que os monstros dos pesadelos podem nos mostrar suas cabeças horrorosas. Tememos o escuro não só literalmente, mas também metaforicamente. Preferimos ser claros e convictos, corretos em nosso ponto de vista e decididos, quando confrontados com desafios. Mas muitas vezes as coisas simplesmente não funcionam assim. Às vezes somos pegos de surpresa, ficamos confusos, mal preparados para enfrentar o que precisaríamos enfrentar. É preciso tempo e paciência para pensar num plano ou adquirir clareza suficiente para sabermos que, na verdade, nada precisa ser feito. Em nossa sociedade, o conhecimento é recompensado: você é um perito, um mestre, um guru, um professor… as pessoas o procuram para pedir conselho e apoio. Se dissermos “eu realmente não faço ideia”, seremos tachados de ignorantes, mal informados, ou de pouca utilidade e nenhum interesse.

Entretanto, saber que não sabemos é uma postura sábia e nobre. É preciso sabedoria para conhecer nossas limitações, e coragem para revelá-las aos outros em um mundo onde o conhecimento é rei. Se soubermos quando não sabemos, poderemos também, e de maneira semelhante, saber quando sabemos. Em vez de complicar ainda mais as coisas com uma resposta freneticamente construída, nascida da pressa e pouca visão das coisas, podemos reconhecer que ainda não reunimos tudo o que precisamos para discernir o caminho à frente. E então esperamos ou buscamos informações para preencher as lacunas. Perguntamos para aqueles que realmente sabem, ou buscamos inspiração nas profundezas do nosso próprio ser; agimos apenas no momento certo, não simplesmente para acalmar nossa ansiedade ou senso de urgência; tornamo-nos alinhados com a situação, sem lutarmos nem forçarmos nada para que isto aconteça.

Uma Lua Nova em Áries é um momento de energia intensa, com Áries sendo o primeiro signo do Zodíaco e a Lua Nova anunciando novos começos, coisa que Áries aprecia especialmente! Entretanto, desta vez a energia exige reflexão paciente e determinação para parar e pensar antes de sair fazendo. É bem provável que sejamos tentados a agir primeiro e pensar mais tarde, e depois nos arrependermos de termos feito assim! A sabedoria desta Lua Nova é acessada na tranquilidade da reflexão interior e da força necessária para admitir que nós simplesmente ainda não sabemos.

Nisto reside a magia da possibilidade, a alquimia nascida da liberação do controle sobre a vida e da permissão para que ela se desenvolva ao nosso redor em vez de tentarmos desesperadamente dirigir o espetáculo. Isto possibilita que nos curvemos à sabedoria maior que é a própria vida e que nos entreguemos a uma força mais penetrante que molda nossa vida de dentro para fora, a partir do nosso âmago, irradiando sua energia e potencial para se manifestarem no plano externo. Se ainda estivermos esperando que as coisas melhorem, que a vida avance e satisfaça nossas exigências, esta Lua afirma que o mundo não está aqui para nos satisfazer, mas que nós todos estamos aqui para colaborar com a vida. A chave para a nossa realização está em vivermos para a vida e não o contrário, esperando que o universo satisfaça os nossos decretos.

O maior obstáculo para a realização desta mudança geralmente é a convicção de que estamos sempre certos, que SABEMOS como as coisas DEVERIAM ser e não entendemos por que não são como deveriam. “Não é assim!”, diz esta Lua. Ainda temos muito a entender, e o que não sabemos neste momento está batendo à nossa porta exigindo nossa atenção. Ela desafiará o que pensávamos até este momento, e certezas passadas poderão se dissolver em seu rastro. Nada é exatamente como parecia e muitas coisas nem chegam perto do que pareciam ser! Está na hora de apagarmos a lousa das expectativas e deixarmos que a vida nos guie passo a passo, presenteando-nos com sabedoria enquanto caminhamos.



 
 
-.....---==I.=|__.__.=|..|=.__.__|=.I==----.....-
 
 
Direitos Autorais:
Sarah Varcas
© Sarah Varcas www.astro-awakenings.co.uk
Fonte: http://astro-awakenings.co.uk/7th-april-2016-new-moon-in-aries
Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@gmail.com 
 
 
Gostou! Indique para Seus Amigos.
 
 
IITopo da PaginaII - IIVoltar Menu AlertaII - IIVoltar HomeII